sexta-feira, 30 de novembro de 2012

GUARDA CIVIL MUNICIPAL SURPREENDE MENOR PICHANDO BANHEIRO DA PRAÇA STÉLIO MACHADO


No último domingo dia 25 por volta das 15h30min, Guardas Civis Municipais surpreenderam o menor L.A.T de 13 anos de idade pichando a parede do banheiro da praça Stélio Machado.
Ao avistar as viaturas o menor saiu correndo, mais foi interceptado pelos agentes da Guarda Civil, sendo apresentado ao plantão policial juntamente com o spray utilizado para fazer as pichações, onde foi feito Boletim de Ocorrência de Ato Infracional e Dano ao Patrimônio Público.
Foi verificado também que o mesmo pichou o muro da Escola Municipal Agnes Rondon Ribeiro, pichando o apelido “JAPA”, o mesmo apelido que o menor disse que iria escrever na parede do banheiro da praça







quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Moradores da Rua 22 sofrem com ataques a carros, Resgate da GCM atende vítima de queda


Na madrugada de hoje (26), alguns moradores da Rua 22 acordaram com um fato incomum , segundo a moradora Jandira Zancanari ela acordou com o barulho muito alto, disse que acreditou que estava caindo uma parede, assustada levantou-se para ver o que acontecia, ao abrir a porta avistou com um carro parado no meio da rua que tinha ao lado duas pessoas que aparentemente estavam se ofendendo.

A moradora conta que ouviu uma das pessoas dizendo “vamos, vamos, depressa”, enquanto um dos dois danificava uma Caravan que estava estacionada na rua, porém não conseguiu identificar os responsáveis.

A pedra arremessada no Focus que estava na garagem
Segundo dona Jandira, pela manhã ao se levantar seu filho Sérgio Zancanari descobriu que o ato de vandalismo tinha sido maior ainda, haviam jogado uma pedra grande na traseira de seu carro que estava na garagem, um veículo Focus Sedan branco ano 2001, provocando danos na lataria. A porta da Caravan também foi amassada, provavelmente por chutes.

Ainda não há suspeitos, uma vizinha informou que o fato aconteceu por volta dás 5:00 horas, e que o veículo que estavam os vândalos parecia ser um gol escuro ou vermelho. Disse ainda que os homens estavam bastante alterados e estavam brigando, dois estavam a pé e outros dois no referido veiculo que dava cobertura, depois disso desceram a Avenida Conselheiro Antonio Prado.

Dona Alzira Zocaratto foi socorrida e encaminhada ao PS com ferimentos na cabeça e pé.
Ao chegar para saber o que acontecia em virtude do movimento formado por vizinhos e curiosos que passavam na rua, dona Alzira Zocaratto que é vizinha do local, escorregou e bateu com a cabeça no solo provocando um corte contuso, e ainda feriu um dos pés. Ela foi socorrida pelo Resgate da Guarda Civil Municipal.


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Colisão entre caminhões mata dois na Rodovia dos Barrageiros


Duas pessoas morreram na manhã de hoje (12) em um acidente envolvendo uma carreta com placas de Potirendaba-Sp, e um caminhão baú com placas de Campo Grande-MS, a colisão ocorreu próxima ao trevo de Santa Rita D’Oeste.

Os dois veículos seguiam sentido Santa Fé do Sul ao trevo de Santa Rita D’Oeste quando, segundo o motorista de um veículo que vinha logo atrás, o caminhão baú conduzido por Neilson Albertoni, bateu na traseira da carreta ao tentar a ultrapassagem fazendo com que o condutor Ednaldo Bernardo da Silva, perdesse o controle da carreta e caísse em uma ribanceira.

O motorista da carreta que é da cidade de Magda morreu prensado nas ferragens, assim como Deusdeth Justino Alencar, 45, o ajudante que estava no caminhão baú, não resistiu aos ferimentos e também veio a óbito. Esteve no local o Corpo de Bombeiros, Resgate da Guarda Civil Municipal, Policia Militar e Rodoviária.


        
fonte: correiosantafe

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Capotamentos marcam a manhã do domingo


Foram registrados na manha deste domingo (9) três acidentes automobilísticos por capotamento, dois em Santa Fé do Sul e outro em Rubinéia.

O primeiro aconteceu ontem por volta das 9:00 horas, quando M.A.B.O., 23, morador de Auriflama, ao entrar na cidade pelo Bairro São Francisco colidiu com o canteiro central da avenida, em seguida veio a capotar o veículo que só parou quando bateu no muro da antiga escola Benedicto de Lima.

O condutor do veículo e sua acompanhante, J.M.G., 23, foram  socorridos pelo Resgate da  Guarda Civil  Municipal e encaminhados ao Pronto Socorro.

Acidente B.S.Francisco
Acidente B.S.Francisco
Acidente B.S.Francisco








Capotamento II

Outro acidente ocorreu logo em seguida, por volta das 9:50 horas, desta feita na SP 320 na divisa dos municípios de Santa Fé e Rubinéia, próximo à represa.

Um jovem dirigindo um VW Gol perdeu o controle do veículo e veio a capotar além do acostamento, o motorista que estava só foi socorrido por populares.

Capotamento III

Ás 10:15 horas a policia militar e o Resgate da Guarda Civil Municipal foram acionados novamente, e acreditem, para atender mais um caso de capotamento de veículo.

Segundo consta no boletim de ocorrências, o condutor de VW Gol da cidade de Três Lagoas, seguia sentido Rubinéia a Santa Fé do Sul pela vicinal 1627, quando perdeu o controle da direção, saiu da pista e veio a capotar o veículo em um pasto. No trajeto o condutor conseguiu ainda desviar de duas arvores, estourou uma cerca de arame, e a seguir capotou.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal e encaminhada ao Pronto Socorro.

Acidente vicinal
Acidente vicinal
Acidente vicinal










Outro acidente

O último capotamento do domingo na região foi registrado por volta das 12:00 horas no município de Aparecida do Taboado, nas proximidades do Frango Ouro.

A condutora do veículo declarou a polícia que voltava de Santa Fé do Sul onde teria vindo abastecer o veículo.

Coincidentemente em todos os casos, as suspeitas de policiais e populares que socorreram as vítimas, e de que os jovens envolvidos nos acidentes estavam voltando de uma festa ocorrida em Rubinéia, que teve início na noite de sábado e só terminou na manhã do domingo.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Justiça nega liminar contra emenda que amplia poderes da Guarda Municipal




 O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo negou a liminar na Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a emenda à Lei Orgânica do Município de Santa Bárbara d’Oeste, que ampliou os poderes da Guarda Civil. A Adin foi proposta pela Procuradoria Geral de Justiça do Estado.
A emenda alterou o caput do artigo 152 da Lei Orgânica, ampliando as atribuições dos guardas municipais. Proposta pela Câmara Municipal, ela permitiu à Guarda Civil “manter a ordem pública, a proteção de seus bens, serviços, instalações e a integridade física dos cidadãos, obedecendo aos preceitos da lei”.
De acordo com o secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil do município, Eliel Miranda, a manutenção da lei assegura o trabalho desenvolvido pelos Guardas Civis. “Eles já desenvolvem esse papel, de proteção ao cidadão e também garantem a ordem pública. A lei é uma forma de dar respaldo a este trabalho”, salientou. O processo 0179998112012-826000 pode ser consultado no site do Tribunal de Justiça do Estado.

domingo, 12 de agosto de 2012

Deixar de utilizar o Giroflex vermelho pela guarda civil é um suicidio cavalar, a cor vermelha do giroflex e sua importância para o trabalho da Guarda Municipal


A falta de pesquisa sobre o tema tem levado comandantes a mudarem as cores dos Giroflex das viaturas das Guardas Municipais levando a desconfigurar a missão nobre e policial da da Guarda Civil.
Parece simples mais o assunto é relevante e com esses simples detalhes que vamos acabando com as conquistas, foram lutas e sacrifício para inserir as Guardas no rol de utilizar a cor Vermelha em Giroflex e hoje por uma irresponsabilidade, curiosidade ou desconhecimento coloca todas as conquistas a perder.

Estamos assistindo a inserção da cor azul de giroflex em inúmeras viaturas das polícias Civil e Militar, inclusive em algumas Guardas Municipais, sendo que a cor azul não é prevista pelo código de trânsito. Ela existe nas viaturas policiais ou por mero desconhecimento de quem fez ou para parecer diferente. A cor azul está fora da regulamentação e talvez satisfaça interesses empresariais ou pessoais de comandantes.
O uso do giroflex é uma boa representação da confusão de papéis que se instalou nas instituições de segurança pública no Brasil, sua missão ostensiva é gerar uma quantidade de prevenção de segurança e auxiliar o agente durante seu serviço. Não resta duvidas que o uso do giroflex gera o desconforto ao marginal, para realizar seus delitos.
O uso do giroflex como forma de policiamento ostensivo preventivo se mostra bem eficiente e atende a necessidade da sociedade de ter a polícia mais próxima dela, penso que é válido o uso do giroflex sem sirene, na fase de prevenção para aumentar a ostencividade e com sirene na perseguição e aproximação do local do delito essas regras geralmente dependem das diretrizes de cada comando.

O giroflex ligado traz aos munícipes o bem estar a segurança subjetiva gerando uma maior sensação de segurança fato este muitas vezes combatidos por “policiólogos” na qual não são adeptos a sensação de segurança. 

O uso de giroflex azul deveria ser percebido em cortejo fúnebre, desfile do Papai Noel, carros para som de aniversario e outros pois não há artigo ou parágrafo CTB que deixa explicito a proibição da cor azul.

Senão vejamos:

A RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 268 DE 15 DE FEVEREIRO de 2008, nesta mesma norma aparecem dados importantes que combinado com o CTB fica clara e fácil de se compreender.

Esclareço que só existem duas cores, o vermelho e o amarelo âmbar, suas funções e o embasamento para a utilização destas, seguirá mais adiante.

No Brasil as coisas são meio confusas, já que muitas vezes os próprios órgãos que deveriam fiscalizar, não sabem que fazem errado, estou dizendo isso porque há duas cores permitidas de giroflex ou high-lights, que são o vermelho e o amarelo âmbar, logo azul, branco ou qualquer outra cor, não pode, entretanto você vai ver na rua diversas viaturas das Polícias Militares dos Estados, bem como de outras Polícias, com dispositivo diferente da cor que deveria usar, que é só o vermelho.

Outro dado importante, quem usa o vermelho e quem usa o amarelo âmbar, o CTB em seu inc. VII e Art.29 determina quem usa o vermelho:

“VII – os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:”

Lendo a tipificação mencionada fica fácil, portanto quem usa os giroflex ou high-light na cor vermelha são as viaturas de:
1- Bombeiros
2- Polícias (Guardas Municipais)
3- Fiscalização e operação de trânsito
4- Ambulâncias
O §3º da Resolução 268/08, adiciona ainda os veículos destinados ao atendimento de emergência de acidentes ambientais, fora disso mais ninguém.
O CTB não determina que cor deve ser a luz dos veículos prestadores de utilidade pública, deixando este encardo no texto do inc.VIII do Art.29 ao CONTRAN, que o fez na Resolução 268, tipificando que esta deveria ser na cor amarelo âmbar (Art.3º “caput” da Res.268/08), percebe-se que o CTB (Lei 9503/97), deixa também a encargo do CONTRAN determinar quais serão os veículos prestadores de utilidade pública, que em conformidade com o §1º do Art.3º da Resolução 268, são os seguintes:

“I – os destinados à manutenção e reparo de redes de energia elétrica, de água e esgotos, de gás combustível canalizado e de comunicações;
II – os que se destinam à conservação, manutenção e sinalização viária, quando a serviço de órgão executivo de trânsito ou executivo rodoviário;
III – os destinados ao socorro mecânico de emergência nas vias abertas à circulação pública;
IV – os veículos especiais destinados ao transporte de valores;
V – os veículos destinados ao serviço de escolta, quando registrados em órgão rodoviário para tal finalidade;
VI – os veículos especiais destinados ao recolhimento de lixo a serviço da Administração Pública.”
Mesmo estes órgão precisam de prévia autorização para poderem utilizar este dispositivo, conforme tipifica o §2º do mesmo Art.3º da Resolução mencionada:

“§2º A instalação do dispositivo referido no “caput” deste artigo, dependerá de prévia autorização do órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal onde o veículo estiver registrado, que fará constar no Certificado de Licenciamento Anual, no campo “observações”, código abreviado na forma estabelecida pelo órgão máximo executivo de trânsito da União.”
Portanto nenhum cidadão pode fazer uso de tais dispositivos, já que os que utilizam as luzes vermelhas, são veículos destinados ao atendimento de urgências e emergências, gozando portanto de livre circulação (podem utilizar da calçada, contra-mão, de retornos e conversões não permitidas e exceder a velocidade da via, dentro das possibilidaes e com segurança), parada e estacionamento (podem se utilizar da fila-dupla, calçada ou passeio, bem como podem utilizar-se de posições não previstas no CTB, como 45º), desde que estejam no efetivo atendimento da urgência ou emergência.

Já os veículos destinados a prestação de utilidade pública, gozam apenas da livre parada e estacionamento, sendo vedado se movimentarem com o dispositivo amarelo âmbar acionado, exceto os seguintes veículos, que em movimento podem energizá-los: 

III – os destinados ao socorro mecânico de emergência nas vias abertas à circulação pública;
V – os veículos destinados ao serviço de escolta, quando registrados em órgão rodoviário para tal finalidade;
VI – os veículos especiais destinados ao recolhimento de lixo a serviço da Administração Pública.
A desobediência de tais normas, podem acarretar as sanções previstas nos Incisos XII ou XIII do Art.230 do CTB:
“Art. 230. Conduzir o veículo:
XII – com equipamento ou acessório proibido;
XIII – com o equipamento do sistema de iluminação e de sinalização alterados;
Infração – grave;
Penalidade – multa;
Medida administrativa – retenção do veículo para regularização;”
Fora as demais infrações que possa vir a cometer (Art.266 do CTB) e os danos que possa vir a causar, não impedindo entretanto, que seja conduzido ao Distrito Policial, visto que este tipo de ação causa prejuízos a coletividade, já que usurpa a função pública, portanto pode incorrer em crime e ter o equipamento apreendido mediante auto de exibição e apreensão da polícia judiciária. Importante ressaltar que existem três esferas, que são a Penal, Civil e Administrativa, podemos ser em algumas ações responsabilizados nas três.
Esta matéria é regulamentada pelo Código Nacional de Trânsito, que estabelece que “a luz vermelha e o uso das sirenes é de uso exclusivo dos veículos de emergência”.

A luz vermelha caracteriza veículos de emergência (ambulâncias, Resgate). As luzes vermelhas para a Polícia e Guardas Municipais . A luz amarela é usada em veículos de serviços de Segurança (carro-forte, Engenharia de Tráfego, e veículos que estejam a serviço da Prefeitura ou o do Estado, necessitando uma licença especial. 

Ressalte-se que policia (Luz vermelha) são os mencionados no art144, interessante que nem mesmo transporte de valores podem ao menos estacionar em locais proibidos, salvo com autorização da autoridade municipal de trânsito. para tanto o municipio é obrigado caso não haja vaga de garagem nos bancos instalar em frente placas verticais regulamentando o
estacionamento destes.

Portanto a questão de usar ou não giroflex ou high-lights nas viaturas, penso que vai do entendimento do comando ou do agente, pois com o sistema ligado da mais ostensividade, ver e ser visto, porém tem entendimento contrario principalmente quando fazendo patrulhamento preventivo.

RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 268 DE 15 DE FEVEREIRO de 2008
LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.



Fonte:-
Mauricio Maciel, Ex. Cmt da Guarda Municipal de varginha, desenvolvedor e criador do site www.gcmbrasil.com , promotor de polícia comunitária pela (SENASP), Instrutor e coordenador do curso de formação de Guardas Municipais, Direitos Humanos pelo 24º (BPMMG), Uso progressivo da força, Planejamento estratégico em Segurança Pública, Resgate 9º(BCBMMG), Capacitação em Educação Para o Trânsito, Utilização de armas menos letais (SENASP), Sistema e Gestão em Segurança Pública, Planejamento Estratégico, Gestão Pública, Pós Graduado em Segurança Pública e Comando de Guardas Municipais.
Postado por GCM Guilherme em 09:52. Arquivado em  . Você pode seguir qualquer resposta para esta entrada através do RSS 2.0. Sinta-se livre para deixar uma resposta

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul comemora 08 anos e divulga balanço do período

Hoje, (18) a Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul comemora 08 anos de existência, desde sua implantação a GCM se tormou uma realidade no município.
 A saber, o balanço anual do período:
Em .....................2004....................... 337 ocorrências
Em .....................2005....................... 1.478 ocorrências
Em .....................2006....................... 1.982 ocorrências
Em .....................2007....................... 1.853 ocorrências
Em .....................2008....................... 2.053 ocorrências
Em .....................2009....................... 1.392 ocorrências
Em .....................2010....................... 1.336 ocorrências
Em .....................2011........................ 3.485 ocorrências
Em .....................2012........................ 1.434 ocorrências até o dia de hoje.

Parabéns a todos que fizeram e fazem parte de nossa história.

domingo, 17 de junho de 2012

Segurança pública deverá melhorar com 37 câmeras espalhadas na cidade

Por Aline Amaral
              As imagens das câmeras poderão ser visualizadas apenas na Guarda Municipal


Na manhã de ontem, 15, foi reinstalada na Guarda Municipal a base do sistema de monitoramento de Santa Fé do Sul. O sistema conta agora com 37 câmeras espalhadas pela cidade em pontos estratégicos e já estão em funcionamento, podendo captar imagens em até 360°.
As imagens estão disponíveis apenas na Guarda Municipal e têm como objetivo melhorar a segurança pública, facilitando as investigações de atos como furtos, vandalismo ou acidentes.
De acordo com o prefeito Toninho Favaleça, esses equipamentos foram adquiridos com recursos do Dade – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias – pois, Santa Fé sendo ponto turístico recebe um número grande de visitantes em várias épocas do ano, além do movimento normal do dia a dia na cidade. Por isso esse investimento será de grande utilidade para esclarecer possíveis casos policiais que venham surgir.
“Primeiramente foram instaladas câmeras em pontos críticos, como nas três entradas/saídas da cidade, em algumas praças, próximos às escolas e na área central. A Praça Stéllio Machado ainda não possui monitoramento, mas já estamos providenciando a instalação naquele local”, disse Favaleça
O prefeito também ressaltou que uma das vantagens desse sistema é a possibilidade de sua ampliação. “Podemos aumentar ou diminuir a quantidade de câmeras fixas, instalar câmeras móveis por tempo determinado ou disponibilizar as imagens em outros pontos, como é uma das nossas intenções, disponibilizar essas imagens também para a Polícia Militar”, afirmou.
Diferentemente das antigas câmeras que foram instaladas em Santa Fé. O novo sistema disponibilizará as imagens pela internet. Os registros ficam salvos por 20 dias.
 
http://www.ojornaldesantafedosul.com.br/noticia5.htm

sábado, 16 de junho de 2012

A GCM trabalhará em regime de escala extraordinária na FICCAP 2012

    A GCM trabalhará com escala extraordinária na FICCAP 2012 dobrando o número do efetivo diário de trabalho.
   Pelo oitavo ano, desde sua criação a Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul realizará serviços no interior do Recinto da FICCAP. Há anos a Polícia Militar não mais entra no recinto. Trata se de uma festa gratuita, com shows e montarias em cavalos e touros.
    A festa já faz parte do calendário da GCM, sendo considerada a como a grande festa da região, a GCM atua com uma base fixa e uma base móvel (trailler) e com GCM 's escalados inclusive extraordinariamente em  todos os dias do evento.

São deslocadas viaturas, motocicletas, uma ambulância de simples remoção e a unidade de Resgate para atender os visitantes da festa. São realizados os mais diversos tipos de atendimentos dentro e fora do recinto.
    Certamente o sucesso da festa se deve também ao empenho dos Guardas Civis Municipais.
   

Acusado de provocar acidente com vítima fatal se apresenta a policia

Acusado de provocar acidente com vítima fatal se apresenta a policia
Na tarde de hoje (15) por volta das 15:10 horas, na delegacia do município de Três Fronteiras, o jovem Talis da Silva se apresentou e prestou depoimento sobre o acidente ocorrido na madrugada do último domingo na Rodovia dos Barrageiros.

Ele é acusado de estar dirigindo o Golf prata que supostamente teria perseguido e fechado o Palio em que estavam dois jovens da cidade de Marinópolis, manobra que teria feito o condutor do Pálio perder o controle e capotar o veículo, segundo Alan Candil que era o passageiro, o motorista Willian da Silva Souza, 25 anos, morreu no local.

Esta foi a denúncia feita a policia por Alan, que afirmou ainda que o pivô da confusão foi à ex-namorada de um dos envolvidos.

Dr. Ricardo Jordão, delegado responsável pelo caso
Talis prestou depoimento por mais de uma hora ao Dr. Ricardo Jordão, Delegado de Policia de Três Fronteiras, o acusado negou qualquer envolvimento ou intenção de provocar algum tipo de acidente que pudesse vitimar Willian ou Alan, negou ainda ter participado de briga com as vítimas na boate, e que havia apenas um amigo com ele no Golf, contradizendo a afirmação de Alan de que estariam três pessoas no carro, a policia continua investigando a existência da suposta terceira pessoa.

O delegado disse que ainda não pode adiantar parte dos depoimentos, por estar o inquérito em andamento, acreditando que dentro de uma semana o caso já esteja esclarecido, disse ainda que esta tomando todo o cuidado na apuração do caso, “para não haver injustiças, uma coisa é boatos e pré-julgamentos, outra é a realidade dos fatos” concluiu Dr. Jordão.

“Depois de tudo apurado e concluído o inquérito, em se comprovando tais denúncias o caso poderá ser classificado como dolo eventual, onde o acusado assume a responsabilidade de risco, mas é cedo para falarmos sobre o caso, porque ainda tem algumas testemunhas para serem ouvidas” disse o delegado. Talis foi ouvido e liberado em seguida na companhia do seu defensor.

O Dr. Gilberto Luis, advogado do acusado, proibiu a reportagem do Correio Santa Fé e também da Rádio Dinâmica, de falar ou fotografar Talis, segundo ele, visando preservar seu cliente enquanto o mesmo se defende das acusações que vem sofrendo.

Fonte : http://www.correiosantafe.com.br/site/noticia/policial/15964/acusado-de-provocar-acidente-se-apresenta-a-policia.html
correiosantafe

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O Tribunal de Justiça (TJ) decide que Guarda Municipal pode multar

TJ decide que Guarda Municipal pode multar

(Fotógrafo Edvaldo Santos)


O Tribunal de Justiça (TJ) acatou recurso da Prefeitura de Rio Preto em ação civil movida pelo Ministério Público (MP) e decidiu que a Guarda Municipal tem poder para atuar na fiscalização de trânsito, inclusive para aplicar multas contra motoristas infratores. No julgamento de primeira instância, em 2007, o MP conseguiu impedir a atuação da Guarda Municipal no trânsito de Rio Preto.

No entanto, a Procuradoria Geral do Município recorreu da decisão da Justiça de Rio Preto e o desembargador Thales do Amaral, relator do recurso, acompanhados de outros dois colegas da 4ª Câmara de Direito Público do TJ, decidiu validar a atuação dos guardas municipais. Para o relator, a fiscalização de trânsito é atividade tipicamente de polícia administrativa.

“Assim, detendo o Município o poder de polícia, é a ele inerente a fiscalização sobre as atividades que afetam a sua coletividade, onde se insere, portanto, a polícia de trânsito”, destacou o acórdão do TJ. Ele relatou ainda que a polícia administrativa “não se confunde com a judiciária nem com a de manutenção da ordem pública, exercidas por órgãos próprios, previstos no Artigo 144 da Constituição Federal e que não estão dentre as atribuições da guarda municipal”.

“Vê-se portanto, que tal atividade (de fiscalização de trânsito, com aplicação de multa) não é exclusiva de policial militar, podendo ser exercida por servidor civil. Mais uma razão, assim, para admitir a fiscalização pela guarda municipal, não se verificando a alegada inconstitucionalidade da lei 177, de 2003, e do decreto 13.105, de 2006, que a regulamentou”, ressaltou Amaral em sua decisão.

Economia

O desembargador afirmou ainda que a existência da Guarda Municipal dispensa a eventual contratação de servidores para exercer a função exclusiva de agente de trânsito. O acórdão da decisão do TJ foi publicado na última quinta-feira (dia 26). O MP ainda pode recorrer da decisão.

Histórico

A lei complementar 177 criou a Guarda Municipal de Rio Preto o decreto 13.105, assinado pelo então prefeito, Edinho Araújo (PMDB), autorizou a atuação dos guardas municipais na fiscalização de trânsito, em 2006. Na ocasião, a presença dos guardas nas ruas, fiscalizando o trânsito, provocou um debate jurídico. Enquanto a Procuradoria Geral do Município defendia a atuação da corporação no trânsito o Ministério Público e juízes da Vara da Fazenda se posicionavam contra. Motoristas multados conseguiam anular as autuações na Justiça, sob o argumento de que a Guarda Municipal não tinha competência para atuar na fiscalização de Trânsito

quinta-feira, 14 de junho de 2012

AMANHÃ SERÁ INAUGURADO NOVO E MODERNO SISTEMA DE MONITORAMENTO DA GCM DE SANTA FÉ DO SUL.



    Amanhã, (15) será inaugurado na sede da Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul o novo sistema de monitoramento com câmeras, são 37 câmeras instaladas em pontos estratégicos da cidade como Terminal Rodoviário, todas entradas e saídas da cidade, Praças, Escolas, etc....e visam o integral monitoramento coibindo criminalidade, vandalismo e auxiliando em diversos esclarecimentos das mais diversas naturezas.
   O sistema quando implantado em 2004, teve no seu primeiro semestre uma diminuição de 30 % de casos de furtos no centro da cidade, e certamente este sistema atual, com quase o dobro de câmeras fará com que os índices diminuam ainda mais.
   A Inauguração do Sistema é parte da comemoração dos oito anos de funcionamento da Guarda Civil Municipal e amanhã será inaugurado também a “Galeria dos Comandantes” e a “Galerias de Honrarias dos GCM’s.”

No dia 18 de Junho a GCM completará 08 anos de implantação.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Policia busca identificar responsáveis por morte na rodovia

     A policia civil de Santa Fé do Sul trabalha agora na identificação dos ocupantes do veiculo Golf, que de acordo com uma das vítimas foi o causador do acidente que matou na madrugada de ontem, o jovem Willian da Silva Souza, 25 anos, que era morador da cidade de Marinópolis.

De acordo com as declarações de Alan Candil, 22 anos, o acidente ocorreu em virtude da perseguição efetuada por outros jovens com quem tinham se desentendido na boate em Santa Fé do Sul, que eles estavam indo embora quando foram ultrapassados e fechados pelo referido veiculo, na surpresa seu amigo Willian perdeu a direção do Pálio e capotou vindo a falecer.

“A mãe que tem um filho assim tem que corrigir, eu sempre cuidei do meu, só que agora eu o perdi, ele foi embora e não vai voltar mais, eu quero justiça por que tem os filhos das minhas vizinhas, das amigas, e outros jovens por aí que esse rapaz poderá fazer o mesmo que fez com meu filho, que a justiça seja feita” disse bastante emocionada a Dona Aparecida, mãe de Willian.

Willian da Silva Souza, 25 anos, vítima fatal
O delegado Dr. Ricardo Jordão confirmou a existência de indícios de possível desavença ocorrida na boate, fato que culminou com o acidente. “O procedimento investigativo já foi aberto nesta manhã, o inquérito policial está sendo instaurado destinado à apuração de provas no sentido do seu dolo, e havendo indícios de que houve o fechamento intencional por parte deste suposto veículo, esta pessoa será responsabilizada por homicídio culposo ou possivelmente por homicídio doloso, quando tem a intenção de matar, ou dolo eventual, quando não tem a intenção, mas assume o risco” disse o delegado.

“Nossos esforços agora estão voltados a apurar o veiculo Golf em específico, a procedência, documentação, o condutor, e possíveis testemunhas que acompanhavam o condutor para todos possam prestar os devidos esclarecimentos”.

O Dr. Ricardo disse ainda já ter dados do veículo e do condutor, que ainda não foi revelado para não atrapalhar as investigações, mas que muito em breve estará prestando esclarecimento à população após a produção de provas de como ocorreu o evento.

Fonte: http://www.correiosantafe.com.br/site/noticia/policial/15943/policia-busca-identificar-responsaveis-por-morte-na-rodovia.html
correiosantafe

domingo, 10 de junho de 2012

GUARDA CIVIL MUNICIPAL RECUPERA MOTO FURTADA


Uma guarnição da GCM patrulhava nas imediações do complexo turístico, quando já informados do caráter geral de uma motocicleta produto de furto com vistas a encontrar lograram êxito em localizá-la em situação de recente abandono. Trata-se de uma motocicleta Honda CB250cc de cor vermelha de placa DOK-0014 de Santa Fé do Sul – SP.
Foi solicitado apoio e de imediato intensificado patrulhamento nas imediações a fim de averiguar atitude suspeita, porém nada foi constatado.
A motocicleta foi apresentada no plantão policial e demais providências seguem aos cuidados da polícia judiciária.
Ações como esta mostram que a GCM de Santa Fé do Sul é atuante, e que trabalha voltada para os interesses de toda a sua população no combate a criminalidade.

Resgate da GCM atende uma vítima de capotamento, a outra morreu ainda no local

Uma briga iniciada em uma boate em Santa Fe do Sul teve um trágico desfecho na madrugada deste domingo (10), a morte do jovem Willian da Silva Souza, 25 anos, na Rodovia dos Barrageiros.

O acidente aconteceu por volta das 05h00min nas proximidades do Motel Parati, de acordo com a versão do jovem Allan Carlos Candil, 22 anos, o outro ocupante do veículo, um Palio, eles estavam na boate quando surgiu um desentendimento com um rapaz desconhecido, e que para evitar confusão maior tentaram sair escondidos e irem embora, porem foram vistos pelos amigos do oponente.

 A partir deste momento teve inicio uma perseguição pelas ruas da cidade, e a seguir na Rodovia dos Barrageiros, segundo Allan eles foram ultrapassados e fechados pelo veículo GOLF da cor prata que os perseguia, provocando a perda do controle e o capotamento do Palio.

O jovem Willian que ficou preso nas ferragens, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  Os dois são da cidade de Marinópolis, Allan é filho do médico Antonio Carlos Candil, anestesiologista da Santa Casa de Jales.

 Fonte: http://www.correiosantafe.com.br/site/noticia/estradas/15938/briga-em-boate-termina-com-morte-na-pista.html

segunda-feira, 4 de junho de 2012

RESGATE DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL ATENDE CAPOTAMENTO NA RODOVIA



 Ontem (03) por volta das 22:45 horas, a Prontidão de RESGATE da Guarda Civil Municipal foi acionada e atendeu vítimas de um capotamento ocorrido nas proximidades do trevo do município de Três Fronteiras - SP.

   Segundo o apurado um tamanduá provocou o capotamento de um veiculo VW Golo animal foi atingido quando atravessa a pista, no impacto o condutor do veiculo que é uma morador de Fernandópolis, perdeu o controle e capotou a mais ou menos uns setenta metros do local da colisão com o tamanduá.

   No veiculo viajavam cinco pessoas que tiveram ferimentos leves, todos foram encaminhados ao Pronto Socorro de Santa Fé do Sul, o carro  foi rebocado após uma hora do acidente teve danos de grande monta.





http://www.correiosantafe.com.br/site/noticia/estradas/15910/tres-fronteiras-tamandua-provoca-capotamento-de-gol.html

sábado, 2 de junho de 2012

IV Encontro Regional de Guardas Civis do Interior Paulista - Guaíra - SP


Estiveram  na cidade de Guaíra SP, dia 01 de junho de 2012, no Centro de Lazer do Trabalhador, representantes de cerca de 15 municípios do Estado, participando do 4º Encontro de Guardas Civis do Interior do Estado.


Infelizmente a Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul não enviou nenhum representante para este tão importante encontro.
Cujo foco principal  era o estreitamento dos laços entre as corporações e ainda diversos assuntos de interesse dos agentes municipais de segurança pública. 


O evento foi aberto pelo prefeito de Guaíra, José Carlos Augusto, que entregou a palavra ao comandante da 4ª Companhia do 33º Batalhão de Polícia Militar do Interior, que foram unânimes em afirmar que as guardas municipais exercem funções primordiais no tocante a prevenção e policiamento comunitário e agindo conjuntamente para alcançar níveis satisfatórios de segurança nos municípios, como é feito também em Botucatu. Palestrou sobre o tema “Aposentadoria Especial”, o advogado Michel da Silva, advogado da Associação dos Guardas Municipais da região metropolitana.

O comandante Cícero da Guarda Municipal de São Bernardo do Campo fez uma rápida explanação do serviço prestado pela corporação naquele município, dando ênfase a descentralização das ações comunitárias com a instalação de inspetorias regionais.

O Secretário Municipal de Segurança da cidade de Santa Bárbara do Oeste, Eliel Miranda que é GCM de carreira naquele município, apresentou as alterações que foram feitas na lei orgânica que resguardaram mais as ações que os guardas já vinham executando.

Finalmente foi montada uma mesa para discutir as legislações que tramitam no Congresso Nacional que contou com a presença de todos os comandantes e seus representantes, onde o inspetor Destro neste ato representou o comandante Sérgio Luiz Bavia.

“Estes eventos são de suma importância para o fortalecimento das guardas municipais existentes e também para estimular as guardas que carecem de regulamentação e padrão em seus procedimentos” disse Destro., GCM de Botucatu - SP.